terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Quando tem dinheiro envolvido, família vira inimigos

Familiares brigam por herança de R$ 10 milhões deixada pelo cantor Wando

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sentado e listras

Familiares e duas mulheres que se dizem ex-companheiras de Wando disputam na Justiça a herança de R$ 10 milhões deixada pelo cantor, morto em 2012, aos 66 anos, depois de sofrer uma parada cardíaca irreversível.
Wando deixou um patrimônio milionário, mas não registrou nenhum testamento.
Ao todo, são nove pessoas que brigam pela herança: quatro filhos, dois netos –de um outro filho irmão do cantor que já morreu–, a irmã e duas mulheres, ex-companheiras do cantor. O processo está sendo julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Katiuscia, suposta filha de Wando que mora na Alemanha, é um dos nove familiares que brigam pela herança na Justiça. “Nós [os meus irmãos e eu] tínhamos uma relação boa. Saí do Brasil muito triste. Eles se distanciaram”, disse ela em entrevista ao programa “Domingo Show”, da TV Record.
Wando morreu no dia 8 de fevereiro de 2012, pouco tempo depois de ser submetido a uma angioplastia coronariana de emergência para desobstrução de artérias do coração.
Antes de ser músico, Wando foi entregador de leite, vendedor de jornal e feirante. Quando foi morar na cidade de Congonhas do Campo, em Minas Gerais, entrou para uma banda chamada Escaravelhos.
Já vivendo de música e compondo, Wando mudou-se para São Paulo, onde teve a chance de conhecer o músico Jair Rodrigues. Em 1984, Rodrigues gravou a composição de Wando “O Importante É Ser Fevereiro”.
Seu início de carreira foi pontuado pela gravação de sambas compostos por ele próprio e outros de compositores desconhecidos. No entanto, do segundo disco em diante, fez uma opção clara pelo repertório romântico-brega, recheado de canções com conteúdo sensual e erótico. Um de seus maiores sucessos é “Fogo e Paixão.
Seus discos têm títulos sugestivos como “Ui-Wando de Paixão”, “Vulgar” e “Comum É Não Morrer de Amor”, “Obsceno”, “Depois da Cama”, “Tenda dos Prazeres” e “Mulheres” – que lhe rendeu o título de cantor mais erótico do Brasil.
Os cenários de seus shows são, em geral, banheiras, camas e haréns. Wando também ficou conhecido por distribuir calcinhas perfumadas ao público feminino.
Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário