sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Se vivo fosse, amanhã o gênio da lâmpada faria 170 anos

THOMAS EDISON – UMA LIÇÃO DE VIDA


RESUMO

No dia 11/fev/2017, comemora-se os 170 anos de nascimento (1847) do Thomas Edison…  Em 1878, com apenas 31 anos, ele propôs a si mesmo o desafio de obter luz a partir da energia elétrica. Mas, isto é uma outra história…  A história que vamos contar é uma lição de vida deste grande inventor…

TE 01

HISTÓRIA

Thomas Edison, o inventor da lâmpada elétrica, ainda criança, chegando da escola disse para sua mãe:
— Mãe, o professor mandou um bilhete e disse que somente a senhora pode ler.

TE 02
A mãe pegou o bilhete e seus olhos lacrimejavam, desta forma, resolveu ler em voz alta para seu filho:
“Seu filho é um gênio e esta escola é pequena demais para ele, pois nós não temos professores suficientes para treiná-lo. Ensine-o você mesmo em casa.”

TE 02
Depois de muitos anos, Thomas Edison tornou-se um dos maiores inventores do século.
Após o falecimento de sua mãe, ele resolveu arrumar a casa e encontrou na gaveta num cantinho aquele bilhete. A nostalgia tomou conta dele e leu, entretanto, o bilhete dizia:
“Seu filho é confuso e tem problemas mentais. Não traga mais ele aqui na nossa escola!”
Ao ler o bilhete verdadeiro, Thomas Edison chorou muito.
Em umas das suas bibliografia está escrito: “Thomas Edison era um menino confuso, mas graças a uma mãe heroína e dedicada, tornou-se um dos maiores gênio do século.”
TE 04
MORAL DA HISTÓRIA
Somente uma mãe heroína e dedicada pode transformar um menino, teoricamente, com problemas mentais no maior inventor do século.

REFLEXÃO DA HISTÓRIA

Quando a causa é nobre, em certos momentos da vida, é fundamental mudar o conteúdo do bilhete, a fim de que o objetivo seja alcançado, pois o amor materno sempre falará mais alto. O vídeo abaixo, com 1 min e 50 seg,  é o resumo desta história da Lição de Vida do Thomas Edison.

FONTE DA HISTÓRIA

O Bilhete de Thomas Edison Reflexão.
Fonte: Capítulos de Sabedoria - Jorge Bernardes

Nenhum comentário:

Postar um comentário