quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

MEC divulga resultado do ENEM

Aumenta número de notas zero nas redações do Enem; resultados estão disponíveis

 O Ministério de Educação divulgou hoje (18) os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Das 4.725.330 redações corrigidas, 309.157 tiveram nota zero e apenas 53 registraram nota 1.000. Na edição anterior, foram 291.806 notas zero e 77 notas mil entre 6.034.672 redações corrigidas.
Os resultados da prova foram liberados pouco antes das 12h no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e só podem ser consultados individualmente. Os candidatos devem acessar a Página do Participante e fazer login por meio do CPF e senha anteriormente cadastrada.
“Recomendo calma, cautela e controle da ansiedade. Sei que é um momento importante para milhões de jovens de todo o Brasil, mas é preciso ter a clareza de que o exame é seguro, as notas estarão disponíveis e cada um terá a oportunidade de acessar justamente a informação relativa à sua nota”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.
Pela primeira vez, de acordo com o Inep, a divulgação das notas considerou a proficiência média geral e a proficiência média dos concluintes, além das proficiências médias dos treineiros, dos egressos e das pessoas privadas de liberdade.
A previsão do instituto é que o resultado dos treineiros seja divulgado no dia 19 de março, assim como as vistas pedagógicas dos espelhos da redação. O Enem 2017 foi aplicado pelo Inep em 5 e 12 de novembro. Confira abaixo os resultados por área de conhecimento:
Linguagens, códigos e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 299,6
Proficiência Máxima – 788,8
Proficiência Média Geral – 510,2
Proficiência Média Concluintes – 506,5
Proficiência Média Egressos – 513,84
Proficiência Média Treineiros – 516,86
Proficiência Média dos Participantes Privados de Liberdade – 427,4
Redação
Redações Nota Zero – 309.157
Redações Nota Mil – 53
Proficiência Média Geral – 558,0
Proficiência Média Concluintes – 560,6
Proficiência Média Egressos – 556,9
Proficiência Média Treineiros – 570,6
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 423,0
Apenas 6,5% das redações receberam nota zero. Os motivos foram fuga ao tema (5,01%), prova em branco (0,80%), texto insuficiente (0,33%), parte desconectada (0,17%), não atendimento ao tipo textual (0,11%), cópia do texto motivador (0,09%) e outros motivos (0,03%).
Ciências Humanas e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 307,7
Proficiência Máxima – 868,3
Proficiência Média Geral – 519,3
Proficiência Média Concluintes – 517,4
Proficiência Média Egressos – 522,24
Proficiência Média Treineiros – 526,68
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 433,7
Matemática e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 310,4
Proficiência Máxima – 993,9
Proficiência Média Geral – 518,5
Proficiência Média Concluintes – 522,3
Proficiência Média Egressos – 516,62
Proficiência Média Treineiros – 538,77
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 447,4
Ciências da Natureza e suas tecnologias
Proficiência Mínima – 298,0
Proficiência Máxima – 885,6
Proficiência Média Geral – 510,6
Proficiência Média Concluintes – 508,4
Proficiência Média Egressos – 512,48
Proficiência Média Treineiros – 519,36
Proficiência Média Participantes Privados de Liberdade – 436,9
(Agencia Brasil)

São José lembra de Fortaleza e manda uma chuvinha bem gostosa para banhar a Terra de Iracema

Que esta quinta-feira chuvosa molhe de alegria o coração de cada um de nós. Nunca é demais lembrar que as vezes é preciso percorrer caminhos pedregosos para podermos encontrar o que buscamos. E, enquanto não achamos a tão esperada recompensa ficamos com os ensinamentos de Artur da Távola.

"Coisas que a vida ensina depois dos 40

Amor não se implora, não se pede não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente..."
Artur da Távola

Governo libera sétimo lote do PIS/PASEP

Tem início nesta quinta-feira (18), o pagamento do sétimo lote do PIS/PASEP referente ao ano-ano base 2016. Têm direito a receber o benefício,  os trabalhadores com inscrição de final 5, que tenham nascidos  em  janeiro e fevereiro e .  Aproximadamente 3,6 milhões de trabalhadores serão beneficiados.

De acordo com informações do Ministério do Trabalho serão liberados R$ 2,671 bilhões. Os benefícios variam entre R$ 80,00 e 954,00, de acordo com o tempo trabalhado no ano passado.

A Caixa Econômica Federal está encarregada e pagar o PIS e o Banco do Brasil de pagar o PASEP.
Ainda segundo o Governo, mesmo quem deveria sacar o benefício no ano passado e não o fez, poderá sacar agora. O dinheiro ficará disponível nessas duas agências bancárias até o dia 29 de junho. Após essa data os valores não sacados voltarão para o Fundo de Amparo ao Trabalhador para pagamento do PIS/PASEP de 2019 e do seguro desemprego do próximo ano.

Para mais informações  é só  ligar gratuitamente de telefone fixo para:

Alô Trabalho do Ministério do Trabalho - 158;
 Caixa Econômica  – 0800-726 02 07;

Banco do Brasil – 0800-729 00 01.

Posse de Cristina Brasil: Continua o impasse

Justiça nega novo pedido da defesa de deputada, e posse continua suspensaRio de Janeiro

Deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ)
Cristiane Brasil foi nomeada ministra do Trabalho no início deste mêsGilmar Felix/Câmara dos Deputados
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) negou novo recurso da defesa da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), que foi indicada para o Ministério do Trabalho, mas teve a nomeação e a posse suspensas por liminar concedida por um juiz federal do Rio de Janeiro. Com isso, a posse da deputada no ministério continua suspensa.
Recurso
Os defensores da parlamentar tinham apresentado um recurso, chamado embargo de declaração, com dois argumentos. O primeiro é idêntico ao da Advocacia-Geral União, ou seja, não teria sido respeitado o princípio do juiz natural e  a 1ª Vara Federal de Teresópolis estaria apta para julgar o caso. A isso, o juiz federal Vladimir Vitovsky respondeu na decisão, proferida ontem à noite (16), que a questão já foi resolvida nos embargos de declaração da AGU e que está mantida a competência da 4ª. Vara Federal de Niterói para julgar a ação popular.
O segundo argumento da defesa foi no sentido de que Cristiane Brasil preenche os requisitos legais para nomeação e posse no cargo de ministra do Trabalho. A essa alegação, o juiz Vladimir Vitovsky respondeu que se trata de questão de mérito, que deverá ser resolvida futuramente, no julgamento dos agravos de instrumento analisados pela 7ª. Turma Especializada do TRF2.
Entenda o caso
Em ação popular, a 4ª Vara Federal de Niterói concedeu liminar suspendendo a eficácia do decreto presidencial que nomeou a deputada Cristiane Brasil ministrra do Trabalho. Contra a liminar, a AGU e a defesa da parlamentar apresentaram agravos de instrumento. O TRF2 negou, liminarmente, os pedidos da União e de Cristiane Brasil.
Mérito
O mérito dos agravos ainda será julgado pela 7ª Turma Especializada do TRF2. O relator é o desembargador federal Sergio Schwaitzer, que está de férias.
Competência
Nos embargos de declaração apresentados contra a decisão liminar do TRF2, a AGU alegou que a ação popular de Niterói foi protocolada horas após a de Teresópolis, que, por isso, teria a competência para julgar a demanda. Nos termos da lei processual, por um instrumento conhecido como prevenção, o juízo que recebe a primeira ação envolvendo pedidos idênticos torna-se competente para resolver todas as demais.
Improcedência
No entanto, na apreciação dos embargos, o TRF2 entendeu como improcedente o argumento da União, que considerou como marco inicial o horário do protocolo. Para o juiz que apreciou o recurso, o que deve ser considerado é o horário da distribuição dos autos, que ocorreu primeiro em Niterói.
Redistribuição
O juiz Vladimir Vitovsky ponderou ainda que, ficando a prevenção com a 4ª Vara Federal de Niterói, os outros processos ajuizados para suspender a nomeação e posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho devem ser deslocados para lá. Com isso, a 4ª Vara Federal de Niterói deverá receber também, por redistribuição, as ações em tramitação na 1ª Vara Federal de Magé, 14ª Vara Federal do Rio de Janeiro, 1ª Vara Federal de Nova Friburgo, 1ª Vara Federal de Campos dos Goytacazes e 1ª Vara Federal de Macaé.

Com informações da Agência Brasil

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

MPF pede 386 anos de prisão para Cunha e 78 para Henrique Eduardo Alves


 Brasília- Eduardo Cunha, em reunião da CCJ da Câmara para votar parecer do deputado Ronaldo Fonseca sobre pedido para anular decisão do Conselho de Ética de cassação do mandato (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Eduardo Cunha quando ainda era deputado em reunião da CCJ da Câmara Antonio Cruz/Agência Brasil
O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça Federal do Distrito Federal (JFDF) que o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja condenado a 386 anos de prisão, além de multa no valor de R$ 13,7 milhões pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e prevaricação, no âmbito da Operação Sépsis.
O pedido foi feito nas alegações finais assinadas pelos procuradores Anselmo Cordeiro Lopes e Sara Moreira Leite, que integram a força-tarefa da Operação Greenfield. Eles querem também que o ex-ministro de Estado e ex-deputado Henrique Eduardo Alves seja condenado a 78 anos de prisão, além de multa de R$ 3,2 milhões, pelos mesmos crimes.
“Igualmente é essencial para a definição das penas de Henrique Alves e Eduardo Cunha a constatação de serem estes criminosos em série (criminal serial), fazendo da política e da vida pública um caminho para a vida delituosa. De fato, restou demonstrado no curso da ação penal que Cunha e Alves possuem personalidades voltadas para o crime, para a corrupção em seu sentido mais amplo”, escreveram os procuradores.
Neste processo, os dois ex-deputados foram acusados de receber propina da empresa Carioca Engenharia em contratos do projeto Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, financiados pelo Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS).  Ambos já se encontram presos preventivamente em decorrência de outros casos.
A liberação das operações de financiamento teria sido influenciada por Fábio Cleto, ex-vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal, que foi indicado ao cargo pelo PMDB e possuía ingerência sobre os recursos do FI-FGTS.
Entre as provas apresentadas estão planilhas mantidas por Lúcio Funaro, ex-operador financeiro do PMDB que assinou acordo de delação premiada, além de mensagens de celular e comprovantes de movimentações financeiras. As propinas teriam sido recebidas em espécie e por meio de depósitos em contas no exterior.    
O esquema também foi delatado pelos empresários Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior, donos da Carioca Engenharia. Mesmo também tendo confessado o esquema, Funaro e Cleto devem ser condenados a 32 anos de prisão cada, pediu o MPF. Alexandre Margotto, ex-funcionário de Funaro, foi alvo de um pedido de prisão de 10 anos e 8 meses. 
A apresentação das alegações finais do MPF é a última etapa processual da ação penal, após a qual o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, deve proferir as sentenças no caso.
Por meio de nota, a defesa de Cunha disse que as alegações finais do MPF no caso não passam de “ficção científica”, não havendo provas contra o ex-deputado, somente depoimentos em delações premiadas. A Agência Brasil ainda não conseguiu contato com as defesas dos demais acusados.
(Agência Brasil)

Presidente da Câmara vai buscar apoio de governadores à reforma da Previdência

Em viagem oficial a Nova York, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciou que vai procurar governadores de estado para convencê-los a apoiar a reforma da Previdência (PEC 287/16). 
Maia admitiu que o governo precisa ainda de 70 a 80 votos para que a proposta seja colocada em votação com chances de ser aprovada.

Em dezembro, ao constatar que ainda não tinha os 308 votos necessários para aprovação da proposta, o governo decidiu adiar para fevereiro a votação e o presidente da Câmara definiu cronograma que começa com a discussão da proposta em Plenário, a partir de 5 de fevereiro, e votação em primeiro turno em 19 de fevereiro.

Rodrigo Maia disse acreditar na possibilidade de aprovação, mas admitiu a necessidade de recomposição da base do governo, reduzida em razão das votações das denúncias contra o presidente Michel Temer e pelo fato de 2018 ser um ano eleitoral.

“O governo terminou 2016 com uma base de 360 deputados e acabou com 250 depois da segunda denúncia. É preciso mais 80 deputados para ter o conforto de ir a plenário. E em ano eleitoral, se não houver clareza de que há uma base sólida para votar, muitos acabam nem comparecendo”, explicou.

Maia ressaltou a importância de engajar os governadores em torno da reforma. Em dezembro, ele já tinha conversado sobre o tema com os governadores Fernando Pimentel, de Minas Gerais, e Luiz Fernando Pezão, do Rio de Janeiro.

“Vamos precisar de diálogo e envolvimento de governadores, que serão beneficiados. Este ano cinco estados não pagaram o 13º salário do funcionalismo público e não existe solução a curto prazo se não reestruturarmos as contas públicas”, disse.

Agenda internacional
Rodrigo Maia participa, até quinta-feira (18), de uma série de encontros oficiais com autoridades, políticos e empresários nos Estados Unidos e México. Hoje ele se reúne com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, para discutir a questão dos refugiados venezuelanos na região Norte do país.

Nos próximos dias, Maia se reúne com empresários americanos na Câmara de Comércio dos Estados Unidos em Washington e com lideranças políticas como o presidente da Câmara dos Deputados norte-americana, Paul Ryan.

Na quinta-feira, ele participa da Conferência Latino-Americana do Banco Santander, em Cancún, no México. Na sexta (19), volta a Brasília.
(Agência Câmara)

Rio de Janeiro, além da violência reinante, agora enfrenta o problema da febre amarela

Rio tem quatro casos de febre amarela confirmados este ano

Vacinação contra febre amarela no Rio
Secretaria de Saúde recomenda que quem ainda não se vacinou procure um posto de saúde para faze ra imunicação   Flavia  Villela/Arquivo/Agência  Brasil
A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje (15) a ocorrência de mais dois casos de febre amarela em humanos no território fluminense. Dois moradores de Valença, no centro-sul do estado, morreram após contrair a doença. O resultado foi confirmado após exames laboratoriais realizados pela Fiocruz. Com isso, chega a quatro o número de casos confirmados e a três, o de mortos pela doença este ano. A outra morte foi em Teresópolis, na região serrana.
Em nota divulgada há pouco, a secretaria informou que vem adotando medidas preventivas. Segundo a secretaria, antes de serem registrados os primeiros casos no território fluminense, teve início a criação de cinturões de bloqueio, recomendando-se a vacinação contra a febre amarela principalmente em municípios da divisa com os estados do Espírito Santo e de Minas Gerai, considerados áreas de risco para a doença.
“Vale destacar que, desde julho do ano passado, todos os 92 municípios do estado [do Rio] já estão incluídos na área de recomendação da vacina e a campanha de vacinação permanece”, diz a nota.
A secretaria acrescenta que os casos registrados até agora são do tipo silvestre, transmitido pelas espécies de mosquito Haemagogus e Sabeths, presentes em áreas de mata. A nota ressalta que não há registro da forma urbana da doença, transmitida pelo Aedes aegypti, desde 1942 no país.
De acordo com a secretaria, as pessoas que ainda não se vacinaram devem buscar um posto de saúde próximo de casa para fazer a imunização. 
(Agência Brasil)

Para refletir

Nem todas as noites são de sonhos bons, 
nem todas as tardes são de verão. 
Nem por isso a vida deixa de ser bela.
Pense nisso! 


Coleta de lixo em Caucaia era superfaturada. E em Fortaleza, já que a empresa é a mesma?


A população de Caucaia, segundo maior município do Estado do Ceará, vive um sério problema de saúde pública.  É que desde o ultimo dia 29, a cidade foi tomada pelo lixo uma vez que a coleta foi suspensa pela Marquise, empresa que era contratada pela prefeitura do município para prestar o serviço.  A suspensão deveu-se a falta de pagamento.

A coleta de lixo em Caucaia, feita pela Marquise, era superfaturada. Foi o próprio prefeito daquele município da Região Metropolitana de Fortaleza, Naumi Amorim, que disse. 

A Marquise divulgou uma "carta aberta à população" comunicando a suspensão dos serviços devido à "falta de pagamento".

A  nota:



Essa Marquise é a mesma empresa que faz a coleta de lixo de nossa Capital. 
A população quer saber: E aí, prefeito Roberto Claudio, que tal mostrar para a população de quanto é o contrato  entre a Prefeitura de Fortaleza e a Marquise e qual o tempo de duração desse contrato?



sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Essa é do poeta cearense Barros Alves


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, barba, óculos, árvore e atividades ao ar livre

Achei tão legal que pesquei do facebook do BA:

O sofrido brasileiro
Recebeu condenação
Pra sustentar vagabundo
Com multitributação.
Ano novo, vida nova!
Só cavando grande cova
Pra meter tanto ladrão...

É tudo esculhambação!
Todos vivem da trapaça.
E eu vou trabalhar pra quê?
Vou me mudar pra Mombaça
Me filiar ao PT
Ou ao MST,
Trelar e beber cachaça.




Pensamento do dia

Nem todas as noites são de sonhos bons,
nem todas as tardes são de verão. 
Nem por isso a vida deixa de ser bela. Pense nisso!

Partido de homem só


Julieta Brontée*
Os sanguessugas viventes aquáticos com ventosas com que sugam sangue dos animais vertebrados. Na sociedade, são elementos que sobrevivem de subtrair de outras pessoas dinheiro e benefícios pessoais. No Brasil, conforme feliz conclusão de alguns analistas da política, um exemplo perfeito de sanguessuga é o grosso dos dirigentes, militantes e portadores de mandatos do PT da Estrela Vermelha. Para eles, essa vocação sugadora da maioria dos petistas não é direcionada especificamente à população nacional, mas, nos últimos tempos a um personagem do qual depende a sua sobrevivência – Luiz Inácio Lula da Silva. Tal ilação, hoje sem argumentos em contrário, tem a ver com a maneira como os que ainda insistem em crer no PT, o ex-maior e mais poderoso partido do país a caminho de se tornar nanico, permanecem apegados, a um Lula politicamente e fisicamente esgotado e às vésperas de um julgamento que pode destruí-lo politicamente.
O aspecto cruel dessa situação é que, na verdade, a maioria desses petistas e seus aliados, tem consciência dessa situação de Lula, mas continua dependurada ao antigo prestígio dele reduzido hoje a um nome e nada mais, assim como ocorre em relação a Fidel Castro, em Cuba; Perón, na Argentina, ou a Brizzola, no Brasil. Estes, entretanto, já não mais existem entre os mortais, embora seus nomes ainda inspirem milhões de admiradores. Os petistas, para serem honestos, deveriam lutar para que Lula saia com saúde dessa inglória batalha que hoje trava, e não tentar salvá-lo da condenação para sugar dele o que lhe resta de prestígio, no sentido de fazer disto trampolim para a conquista de cargos que o PT não pode mais ajudar a abocanhar.
CURTO CIRCUITO
SALADA MISTA
 A campanha presidencial deste ano tem tudo para se transformar na mesma salada mista de 1992, quando uma verdadeira cambada de candidatos, do grande Brizolla, ao lixo chamado de Marronzinho, e que, de tão chafurdado, terminou com a desastrosa eleição de Fernando Collor. Se nada mudar, teremos pelo menos uns 15 candidatos que poderão, mais uma vez, levar o eleitorado a perder a cabeça e eleger qualquer um deles, com resultados trágicos para o país.
SISTEMA INDECENTE

 Para o ex-senador gaúcho Pedro Simon, o sistema de dois turnos eleitorais, que já não presta nem em países politicamente bem organizados, termina sendo pior ainda no Brasil, onde partidos viciados, para terem visibilidade em eleger seus membros para o legislativo, terminam endoidando eleitorado com apresentação de tipos incompetentes, caricatos e acanalhados, que fazem de uma campanha que poderia ser séria, um circo mambembe.

UM TRISTE PÓDIO
 Por entender que o Estado do Ceará, a despeito dos esforços dos governantes, continua sendo um dos que ocupam pontos altos no pódio das agressões contra a mulher, deputada Aderlânia Noronha (SD) apresentou, na Assembleia Legislativa, projeto propondo a criação da Semana Cearense pela Não Violência contra a Mulher. Será, segundo ela, uma chance para que a sociedade se conscientize da necessidade de tirar o Estado dessa lamentável e vergonhosa estatística.
MEIO TARDE, MAS…
Nos dias 16 e 17, no Auditório João Frederico, da Assembleia Legislativa, será realizado o Seminário “Água no Interesse do Povo Brasileiro. Será mais uma tentativa de alertar políticos e gestores do Ceará e do Nordeste para a necessidade de se fazer da estão da água uma prioridade, antes que a falta dela se torne um problema insolúvel, e impedindo que a falta dela continue ameaçando de desertificação uma área com ¼ da população do país.
TAVA NA CARA  
Em meio à zorra em que se acha o ambiente político brasileiro, uma “novidade”  já bastante esperada, ou seja, a confirmação de que o atrapalhado e enrolado presidente da Câmara dos Deputados, Ricardo Maia, é mesmo pré-candidato  Palácio do Planalto. É bom não brincar muito com ele que, além do seu DEM, que tem crescido, ainda poderá contar com uma banda do ainda gigantesco PMDB, sem se falar que ele está cercando os partidos centristas como PSC e PR.
MAIS GALHOS

 Os petistas e lulistas em geral, além da “bomba” do TRF-4 pairando sobre a cabeça do seu chefe Lula, têm agora outro motivo de insônia: o retorno do Luciano Huck à cena política. Por isso, o PT denunciou o homem da Globo ao TSE, alegando que ele estaria fazendo propaganda antecipada e ilegal de uma possível candidatura. Não esqueçam que, em 1992, Sílvio Santos, apenas citado como possível candidato, disparou na frente nas pesquisas.
* PRETO NO BRANCO, coluna publicada no jornal O ESTADO (CE)

Bom dia com poesia

Permitam-me desejar-lhes uma sexta-feira diferenciada, plena de carinhos e afagos, e que as palavras não sejam necessárias para expressarem seus sentimentos. No mais, é uma beijoca na ponta do nariz, um tapinha nas costas e partir pro abraço, pois existe um céu bem maior que esse que nós vemos a olho nu.

"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!

Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silêncio, e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo."
Cecília Meireles

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Privatização da Chesf suspensa por liminar da Justiça Federal.


O juiz federal da 6ª Vara, em Pernambuco (JFPE), Cláudio Kitner, suspendeu parte da Medida Provisória 814/2017, do Governo Federal, que faz modificações em leis referentes ao setor elétrico brasileiro.
 A medida do governo, trata da privatização da Eletrobras e suas subsidiárias,  inclusive, a Chesf. 
A decisão judicial atinge justamente o artigo 3º que trata da privatização da Eletrobras e suas subsidiárias. O magistrado atendeu a Ação impetrada pelo advogado pernambucano Antônio Campos, pré-candidato do Podemos ao Senado Federal.


Bom dia com poesia

 Com o desejo de uma quinta-feira plena de luminosidade na vida de cada um de vocês, taí essa joia rara de Bocage

Soneto do Epitáfio
Lá quando em mim perder a humanidade
Mais um daqueles, que não fazem falta,

Verbi-gratia — o teólogo, o peralta,
Algum duque, ou marquês, ou conde, ou frade:
Não quero funeral comunidade,
Que engrole "sub-venites" em voz alta;
Pingados gatarrões, gente de malta,
Eu também vos dispenso a caridade:
Mas quando ferrugenta enxada idosa
Sepulcro me cavar em ermo outeiro,
Lavre-me este epitáfio mão piedosa:
"Aqui dorme Bocage, o putanheiro;
Passou vida folgada, e milagrosa;
Comeu, bebeu, fodeu sem ter dinheiro".

Manuel Maria Barbosa du Bocage

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Pra quem conhece Fortaleza (CE): Samba em homenagem à dona Mocinha


Soldado do Exército é preso, suspeito de repassar munição de fuzis à facção criminosa

Esta é do "Aracati em Foco":

Soldado do Exército é preso suspeito de desviar 14 mil balas de fuzil para facção GDE

O Comando da 10ª Região Militar, sediado em Fortaleza, determinou a abertura de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o furto de lote de aproximadamente 14 mil cartuchos de calibre 7.62, munição utilizada em fuzis. O crime vinha sendo apurado sigilosamente até o fim de semana passado.

Um soldado do Exército está preso acusado de ter repassado a munição para bandidos da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) que atua na comunidade Babilônia, um conjunto de blocos de apartamentos residenciais construído pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, localizado no bairro Passaré, na zona Sul da Capital.

O desvio da munição militar foi descoberto há uma semana e o soldado – cuja identidade é mantida em sigilo pelas autoridades – foi preso após a descoberta pelo Serviço de Inteligência de que ele atuava à serviço da facção GDE dentro da corporação.

Em troca pelo desvio da imensa quantidade de munição, o militar teria recebido como pagamento um imóvel e uma motocicleta. O local foi descoberto e lá os oficiais da Inteligência encontraram parte da munição furtada de um paiol do Exército localizado no Município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
Munição e tiros

A descoberta do furto da munição aconteceu quando o Exército, atendendo a uma determinação do Ministério da Defesa, deslocou tropas pertencentes à 10ª Região Militar (Ceará) para o Rio Grande do Norte, com a missão de restabelecer a ordem pública nas cidades de Natal e Mossoró, atingidas por uma onda de violência decorrente da greve de policiais civis e militares, além de bombeiros.

Com o deslocamento de um contingente de aproximadamente 800 homens, do 23º Batalhão de Caçadores (23º BC), de Fortaleza para Natal e Mossoró, de forma emergencial, foi necessário o emprego da munição real, em alta quantidade, para fuzis de calibre 7.62. No ato de conferência do material bélico foi comprovada a ausência do lote de aproximadamente 14 mil cartuchos. À pedido do Exército, a Polícia Civil auxilia na investigação a partir do registro de um Boletim de Ocorrência (B.O.) de caráter sigiloso.

O Comando do Exército ainda não se manifestou sobre o assunto.

Confrontos de facções

A munição desviada foi parar nas mãos dos criminosos que controlam a “Babilônia” e que determinaram a expulsão de dezenas de moradores daquela comunidade. Parte do lote de balas de calibre 7.62 já foi utilizada nos constantes tiroteios que acontecem ali, envolvendo membros da GDE e seus inimigos, bandidos da facção Comando Vermelho (CV), alojados na comunidade da Jereba, no Jangurussu. A disputa de território ocorre há meses e a própria Polícia Militar reconhece o local como zona de risco e montou uma operação ocupação.

Os tiroteios são freqüentes e acontecem sempre durante as madrugadas. Tiros de fuzil e submetralhadoras são disparados nesses embates, conforme reconhecem as autoridades.

Recentemente, bandidos foragidos do Complexo Penitenciário de Itaitinga, na RMF, teriam ido se esconder na Babilônia, mas acabaram saindo de lá por conta da operação ocupação da PM. De acordo com a versão apresentada nas redes sociais pelo secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), delegado federal André Costa, esses bandidos seriam os mesmos que ameaçaram de morte moradores do bairro vizinho, o Barroso 2, ordenando que estes abandonassem suas casas. Três traficantes suspeitos de envolvimento nas ameaças aos moradores foram presos e o Barroso 2 acabou sendo também alvo de uma ocupação da PM.

Fonte: Fernando Ribeiro

Termina greve de policias no Rio Grande do Norte

Policiais civis e militares e bombeiros suspendem greve no Rio Grande do Norte

Letycia Bond – Repórter da Agência Brasil
Os policiais civis e militares e bombeiros militares do Rio Grande do Norte decidiram, na tarde de hoje (9), aceitar o acordo proposto pelo governo estadual, pondo fim às mobilizações, estabelecidas desde o dia 20 de dezembro. Segundo a assessoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), o atendimento à população nas delegacias já está sendo retomado e amanhã (10) tudo volta ao normal.
A retomada do trabalho pelos policiais e bombeiros militares, porém, ficou condicionada à formalização do compromisso. Eles participam, nesta tarde, de um encontro com autoridades do governo estadual, que assinarão um termo, como demonstração de que honrarão o que foi prometido às categorias.

"Depois da assinatura, a gente vai voltar à assembleia. [Um dos pontos pactuados] diz respeito exclusivamente a salário e às condições de trabalho. O governo fez concessões, apresentou outros itens e prometeu renovar viaturas, pagar os salários de dezembro até o dia 12 e o de janeiro, até o final do mês", informou a vice-presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos dos Policiais Militares e Bombeiros Militares, Márcia de Carvalho Fernandes.
De acordo com Márcia, o governo adiantou que, para o quitar o salário deste mês e o décimo terceiro, depende de um empréstimo, que deve ser negociado com a Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (10).
A assessoria do Sinpol-RN informou que admite a flexibilização do pagamento até o dia 15, por considerar aceitáveis eventuais atrasos causados por procedimentos dos próprios bancos. Caso o governo descumpra esse prazo, os policiais representados pelo Sinpol consideram tornar a suspender suas operações.
(Agência Brasil)

Novos tratamentos contra o Câncer

Para quem não tomou conhecimento da matéria, como o assunto é muito sério e grande relevância para um incontável número de pessoas, vale a pena divulgar:

Registrados medicamentos para câncer e doença autoimune

Novos produtos biológicos vão ajudar pacientes com mieloma, câncer de mama e gástrico. Dois novos biossimilares também foram registrados.
Por: Ascom/Anvisa

A Anvisa publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18/12), o registro de quatro novos medicamentos. Dentre eles, dois são medicamentos biológicos novos e dois são biossimilares.
O Empliciti (elotuzumabe) é o primeiro da classe dos anticorpos monoclonais IgG1 imunoestimulatórios humanizados. Eles atacam a proteína SLAMF7, altamente presente em células de mieloma (independente de anormalidades citogenéticas), e também em células natural killer (células do sistema imune que matam as células infectadas, as mal formadas e as células tumorais).
A atividade imunoestimulatória deste medicamento biológico em combinação com outras drogas traduz-se em aumento de sobrevida, com duração de resposta prolongada para pacientes previamente tratados que apresentem recorrência ou sejam refratários a tratamentos anteriores para mieloma múltiplo.

Doenças autoimunes

O segundo biológico novo é o Taltz (ixekizumabe). Trata-se de um anticorpo monoclonal humano que inibe seletivamente a interleucina-17A, uma citocina pró-inflamatória implicada em uma variedade de doenças autoimunes como a psoríase em placas.

Câncer e artrite reumatoide

Entre os biossimilares, foi publicado o registro do Zedora (trastuzumabe), um biossimilar do Herceptin®. Ele é indicado para câncer de mama metastático, câncer de mama inicial e câncer gástrico avançado.
O outro é o BrenzysTM (etanercepte), aprovado após comprovação da biossimilaridade com o produto Enbrel® PFS. É o primeiro biossimilar da substância etanercepte, indicado, como o medicamento de referência, para redução dos sinais e sintomas e inibição da progressão do dano estrutural em pacientes com artrite reumatoide ativa moderada a grave.

Biossimilares

Os produtos biossimilares são os produtos biológicos registrados pela via de desenvolvimento por comparabilidade, que é a via regulatória utilizada por um produto biológico para obtenção de registro na qual foi utilizado o exercício de comparabilidade em termos de qualidade, eficácia e segurança, entre o produto desenvolvido para ser comparável e o produto biológico comparador.
A legislação utilizada para o registro de biossimilares no Brasil é a Resolução RDC nº 55, de 16 de dezembro de 2010. Devem ser apresentados, dentre outros requisitos, estudos comparativos entre o biossimilar e o produto biológico comparador contendo informações suficientes para predizer se as diferenças detectadas nos atributos de qualidade entre os produtos resultam em impactos adversos na segurança e eficácia do biossimilar. Entenda os conceitos e definições da área e os tipos de medicamentos.

Bom dia com poesia

Chegou quarta-feira! Então que se aprochegue, que venha sem susto e sem medo, você entra. Não vamos é deixar a solidão entrar ao bater á nossa porta querendo nos abraçar com seus tentáculos pois mesmo estando só não devemos sentir a solidão. Afinal de contas, quem foi que disse que não se pode ser feliz sozinho? Eu mesma já atravessei muitas dores de minha própria solidão, buscando incessantemente minha outra metade, esquecendo que para viver a dois teria que primeiro aprender a ser só. Aprendi a lição, agora, posso até morrer de saudade, de solidão jamais. Uma quarta-feira de muitas alegrias para todos nós, não esquecendo que no pior dos casos, ainda temos uma saída, podemos "entrar no acaso e amar o transitório".

“A Solidão e Sua Porta
sem pena de viver e a dor de amar
E quando nada mais interessar
(nem o torpor do sono que se espalha)
Quando pelo desuso da navalha
A barba livremente caminhar
e até Deus em silêncio se afastar
deixando-te sozinho na batalha
Arquitetar na sombra a despedida
Deste mundo que te foi contraditório
Lembra-te que afinal te resta a vida

Com tudo que é insolvente e provisório
e de que ainda tens uma saída
Entrar no acaso e amar o transitório.”
Carlos Pena Filho

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Marília Arraes conversa sobre projetos para a Segurança Pública em Pernambuco

Conversa de alto nível sobre projetos para a Segurança Pública e para melhoria das condições de trabalho dos Policiais Militares de Pernambuco com a pré-candidata ao governo do Estado @mariliaarraes, com o vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados da PM/PE, Nadelson Leite e com o representante da Frente Nacional de Lutas Francisco de Assis. A conversa foi considerada  proveitosa que já está sendo organizada uma série de conversas sobre o tema.
Francisco de Assis, Noelia Brito, Marilia Arraes e Nadelson Leite

Cristiane Brasil em stand-by

Desembargador decide manter suspensão da posse de Cristiane Brasil


Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil*
O vice-presidente do Tribunal Regional da 2ª Região (TRF-2), desembargador Guilherme Couto de Castro, rejeitou o recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender a liminar que impede a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) de tomar posse como ministra do Trabalho. A posse da deputada no cargo estava marcada para hoje (9).
O recurso foi protocolado na noite de ontem (8), depois que o juiz Leonardo da Costa Couceiro, titular em exercício da 4ª Vara Federal de Niterói, no Rio de Janeiro, concedeu liminar suspendendo a eficácia do decreto que nomeou a deputada como ministra.
O processo primeiro foi encaminhado ao presidente do TRF-2, o desembargador André Fontes, mas ele se declarou suspeito para decidir sobre a liminar, por motivos de foro íntimo. Depois disso, o processo foi redistribuído para o vice-presidente, que decidiu manter a decisão da primeira instância.
Liminar
A liminar foi concedida em resposta a uma ação popular do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes. A entidade diz que a nomeação de Cristiane Brasil “ofende a moralidade administrativa”. Segundo o movimento dos advogados, a deputada “praticou pessoalmente graves violações das leis trabalhistas, flagradas e comprovadas em, pelo menos, duas demandas judiciais”.
Depois que seu nome foi anunciado como ministra do Trabalho, surgiram informações de que Cristiane tem dívidas trabalhistas com ex-funcionários. Com base nos argumentos, o juiz decidiu, preliminarmente, que conceder a liminar sem ouvir os réus se justificaria “diante da gravidade dos fatos sob análise”. Ele destacou ter verificado “flagrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa”, quando se pretende nomear para o cargo de ministro do Trabalho “pessoa que já teria sido condenada em reclamações trabalhistas”.
Formada em Direito, a carioca Cristiane Brasil Francisco ingressou na carreira política em 2003 e exerceu três mandatos de vereadora da cidade do Rio de Janeiro. Em 2014, foi eleita deputada federal pelo estado.
*Colaboraram Douglas Correa e Ana Cristina Campos
(Agência Brasil)

Inveja

A inveja torna a pessoa amarga, triste e deprimida. 
É um sentimento feio.
E não adianta ninguém vir com essa de inveja branca, inveja cor de rosa.
Inveja é inveja e pronto.
Não é à toa que a inveja Deus condena.

Eu

Sou a vida
Filha da terra
Neta do mar
Sobrinha do sol
Prima do mato
Viúva do passado
Casada com o presente
Cunhada do futuro
Tenho um caso com o sonho
Mãe da natureza

Irmã das estrelas
Tia da lua
Amiga da chuva
Inimiga do trovão
Quer saber como me chamo?
Meu nome é solidão!

Essa é para quem está ansioso para ver Lula atrás das grades


Tribunal emite nota garantido que, mesmo se condenado, Lula não será preso


Para acalmar os ânimos, o TRF-4 informa que a prisão só ocorrerá após julgamento de todos os recursos em segunda instância. Veja aqui quais são
Da Redação*
Para tentar acalmar os ânimos, o Tribunal Regional Federal (TRF-4), de Porto Alegre, emitiu nota, nesta segunda-feira (9), alegando que mesmo que seja condenado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não terá sua prisão decretada imediatamente. O tribunal informa que a prisão só ocorrerá após julgamento de todos os recursos em segunda instância.
Os recursos possíveis são os embargos de declaração, utilizados pela parte como um pedido de esclarecimento de dúvidas em relação à decisão e analisada pelos próprios julgadores; e os embargos infringentes, quando não há unanimidade na decisão e prevalece um voto majoritário mais duro contra o réu. Os embargos infringentes são julgados pela 4ª seção do TRF-4, especializada em Direito Penal, e presidida pelo vice-presidente da corte.
O julgamento do recurso contra a condenação em 1ª instância feito pela defesa de Lula e de outros seis réus começará às 8h30 do dia 24. Além de Lula, condenado pelo juiz Sergio Moro a nove anos e seis meses, recorreram contra a sentença o ex-presidente da OASD, Leo Pinheiro, condenado a dez anos e oito meses, o ex-diretor da área internacional da OAS, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, condenado a seis anos, e o ex-presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, absolvido em primeira instância, mas requer troca de fundamentos da sentença.
De acordo com o jurista Roberto Dias, da Fundação Getúlio Vargas, a eventual expedição de um mandado de prisão para o cumprimento de pena só é possível após o julgamento de todos os recursos possíveis na segunda instância. Dias lembrou ainda que, além dos dois tipos de recursos possíveis à defesa do ex-presidente, os embargos de declaração e os embargos infringentes, é possível que a defesa peça que os desembargadores revejam as decisões desses próprios recursos.
— Os advogados podem entender que houve alguma obscuridade, alguma omissão na decisão dos embargos infringentes, por exemplo, e entrarem com um embargo de declaração sobre os embargos infringentes — disse.
No entanto, segundo o professor, os desembargadores podem negar o pedido da defesa, o que permitiria que o processo seguisse para a instância seguinte, o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Para o professor, é impossível prever o tempo de julgamento desses recursos. O TRF4, no entanto, é conhecido pela sua celeridade. Contudo, Dias lembra que o julgamento dos embargos infringentes, o segundo recurso possível, costuma ser mais demorado.
— Como no julgamento dos embargos infringentes são cinco desembargadores convocados, não três, deve demorar mais — disse.
O Ministério Público Federal recorreu contra a absolvição, pelo juiz Moro, de três executivos da OAS: Paulo Roberto Valente Gordilho, Roberto Moreira Ferreira e Fábio Hori Yonamine.
O julgamento do ex-presidente Lula começará com a abertura do presidente da 8ª Turma, desembargador federal Leandro Paulsen. Em seguida, o desembargador João Pedro Gebran Neto (relator), fará a leitura do relatório do processo.
*Com informações do Globo
Foto: Agência Brasil
(Revista Forum)

OPERAÇÃO CONSTRUTOR:


TRAFICANTE QUE MATOU GRÁVIDA NO CEARÁ E SE LIVROU COM HC DADO POR DESEMBARGADOR DA "EXPRESSO 150 É CONDENADO A MAIS DE 55 ANOS PELA JUSTIÇA FEDERAL EM PERNAMBUCO. ADVOGADO TAMBÉM "CAI" POR "LAVAGEM" PARA O CLIENTE



O traficante internacional de drogas Enoque Antônio, que atuava em Pernambuco, mas se passava por empresário da construção civil no Ceará, utilizando-se do nome falso de Marcelo Alencar Leite de Souza e que matou, dirigindo alcoolizado, a gestante de 29 anos Camila Lopes Simão, no Bairro Curió, em Fortaleza, em 2013, foi condenado "juntamente com seus comparsas", para utilizar as palavras do Juiz Federal da 12ª Vara Federal de Pernambuco, Cesar Arthur Cavalcanti de Carvalho, a 55 anos e dois meses de reclusão pelos crimes de Associação para o tráfico, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. A sentença foi prolatada no último dia 19 de dezembro de 2017.

Apesar de ter sido preso em flagrante após matar a gestante em colisão causada por uma ultrapassagem forçada dirigindo um Audi Q5, que estava em nome de seu advogado, o pernambucano Marcelo Tigre, que o defendeu naquele caso e de ter sido indiciado, segundo a reportagem do Jornal "O Povo" de 20/12/2013 (Leia AQUI), pelos crimes de homicídio qualificado, corrupção ativa, desobediência, uso de entorpecentes, dentre outros do Código de Trânsito Brasileiro, Enoque Antônio, sob o nome falso de Marcelo Alencar, foi solto, pelo desembargador Francisco Pedrosa, da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará, acatando um pedido de Habeas Corpus impetrado por seu advogado. O advogado argumentou que a prisão fora ilegal "por falta de provas" e o desembargador Francisco Pedrosa "engoliu".

Francisco Pedrosa é um dos desembargadores cearenses denunciados pelo Ministério Público Federal por venda de Habeas Corpus a traficantes e que foi alvo da Operação "Expresso 150", da Polícia Federal (Leia em MPF denuncia três desembargadores e mais 11 citados na Expresso 150). Curiosamente, a esposa do desembargador Francisco Pedrosa também figura entre os denunciados pelas vendas de decisões judiciais do Tribunal de Justiça do Ceará.

Agora, passados exatamente quatro anos daquele crime infame, eis que o Juiz Federal da 12ª Vara Federal, em Pernambuco, Dr. Cesar Arthur Cavalcanti de Carvalho, condenou justamente o falso empresário - na verdade um traficante internacional de drogas - e seu advogado, por lavagem do produto obtido com o tráfico de drogas mediante a aquisição daquele mesmo Audi Q5 utilizado para matar a jovem Camila Lopes Simão.

Tudo começou com o desencadeamento da "Operação Construtor", da Polícia Federal, em Pernambuco, para desbaratar uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas e à lavagem de dinheiro.

Na ocasião, 45 agentes federais cumpriram quatro mandados de prisão e três de busca e apreensão no Recife, dos quais três destinados a suspeitos já encarcerados em uma das unidades do Complexo Prisional do Curado, por venda de entorpecentes.

Além do Recife, a Operação Construtor teve ações em Fortaleza (CE), local onde residia o líder da organização criminosa, Enoque Antônio Rodrigues, que de acordo com a sentença, usava a atividade de construção civil como fachada e para "lavagem" dos recursos obtidos ilicitamente com o tráfico, João Pessoa (PB), onde o líder da organização possuía imóveis destinados à lavagem e Foz do Iguaçu (PR), por onde as drogas ingressavam no território nacional. 

Durante a Operação, o advogado do líder da organização criminosa, Marcelo Tigre, foi alvo de mandados de busca e apreensão em sua residência e escritório, com a apreensão de três veículos que estavam em seu nome.

Além disso foram efetuados o bloqueio de oito contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas, bem como o sequestro de oito imóveis, sendo seis no Ceará e dois na Paraíba. Houve a quebra de sigilos fiscais de quatro pessoas físicas e jurídicas. 

As investigações foram desencadeadas pela Delegacia de Repressão a Drogas em 2014. Foi naquele momento que os policiais federais identificaram a organização criminosa que era comandada pelo traficante Enoque Antônio, que se passava, pela utilização do nome falso de Marcelo Alencar Leite dos Santos, por empresário da construção civil no Ceará, para trazer a cocaína da área de fronteira para o Recife e para lavar os recursos obtidos com a atividade de tráfico internacional de entorpecentes, mediante a aquisição de imóveis e veículos automotores, um deles o Audi Q5 que embora estivesse em nome do advogado do traficante Enoque Antônio (Marcelo Alencar), o pernambucano Marcelo Tigre, era utilizado por aquele, em Fortaleza.

Três envolvidos que já estavam presos na capital pernambucana, segundo a PF, foram alvo de uma operação em agosto de 2014. Eles acabaram presos com 24 quilos do entorpecente, em uma pousada de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Na ocasião, um químico contratado pela quadrilha tentava melhorar a qualidade da cocaína que se mostrava imprestável para o consumo.

O mesmo se passando com outro veículo da marca Sportage, que embora estivesse no nome do advogado, era utilizado pelo líder da Orcrim, Enoque/Marcelo. Diz a sentença:


"A campana policial efetivada no encalço de ENOQUE (traficante internacional de drogas) e seus comparsas, trouxe a lume o uso por aquele de um automóvel de alto padrão (digo isso porque incompatível com a ausência de rendimentos do mesmo) em nome de MARCELO TIGRE, qual seja, Sportage, cor branca, placa PGC 7247, utilizado para conduzi-lo até outros criminosos e tratarem de uma grande remessa de drogas que deu 'problema'. 

Em verdade, o carro era utilizado por ENOQUE como se seu fosse, ou seja, dava a ele a destinação que lhe aprouvesse.


Até aí se vislumbrava apenas o fio solto, mas não tardou para que o aprofundamento das investigações apontasse outro automóvel de alto padrão (Audi Q5) e, curiosamente, também em nome de MARCELO TIGRE, no cenário criminoso da vida de ENOQUE, quando se envolveu em uma colisão com vítima fatal (grávida de 08 meses), na qual este estava sob o efeito de álcool. 

Nesse evento específico, MARCELO TIGRE não apenas figurou como possuidor do bem, como atuou como advogado de ENOQUE no processo criminal contra este instaurado, ocasião em que este se apresentou como MARCELO ALENCAR (uma das identidades falsas de ENOQUE). 

Mesmo tendo conhecimento da identificação falsa, consentiu na defesa do mesmo, não importando a quantidade de atos que efetuou, mas sim a qualidade e ciência dos fatos que os circundaram. 

Prosseguindo nos autos e nas investigações se vislumbra que MARCELO TIGRE é citado por outros réus envolvidos no tráfico de drogas e associação para o tráfico, seja orientando a evitarem o monitoramento policial, seja como referência na defesa dos mesmos (fls. 509/513 - WILSON, fls. 542/544 - JULIO CESAR), ambos comparsas de ENOQUE."

Para condenar o advogado do traficante Enoque Antônio a dez anos de reclusão por lavar o produto das atividades ilícitas de seu cliente, o Juiz Federal Cesar Arthur Cavalcanti de Carvalho destacou que "a conduta empenhada por MARCELO TIGRE de trazer aparência de licitude a proveito de crime, maquiando-lhe a origem, a localização, a disposição e a propriedade de bens, direitos e valores oriundos de delito, superou seus intentos ao albergar condutas delituosas efetivadas pelo réu ENOQUE, fonte dos proventos, enquanto MARCELO ANTÔNIO e/ou MARCELO ALENCAR, demonstrando que seus intentos superaram o redarguir e alcançaram a seriedade de juntar e alegar provas reconhecidamente falsas aos processos em que atuou em favor daquele, em total descaso com as autoridades e desrespeito a qualquer ordem moral e legal, nomeadamente enquanto representante de uma classe de profissionais que auxiliam e fazem parte da Justiça."


Leiam trecho de Sentença referente à participação do Advogado no esquema:
"Tenta se fazer valer da torpeza utilizada enquanto conhecedor da lei e dos bastidores de financiamentos e financiadoras, para galgar lucros infundados nas negociatas com carros, quando não tratou da perpetração de outros crimes, como no caso dos carros supostamente negociados com ENOQUE. 

"Antes de mais nada, importa elucidar que os crimes aos quais respondeu ENOQUE, convergem em tráfico de drogas, sejam elas crack ou cocaína, além de outros delitos relacionados a essa prática. 
Apesar disso, afirma e reafirma em seu interrogatório que conhecia ENOQUE como MARCELO ANTÔNIO, juntando cópia da sentença de processo em que atuou em defesa de MARCELO ANTÔNIO, datada de 17/06/2013, embora assevere que o defendeu desde sua prisão em flagrante na "especializada", ocorrida em 25/03/2011 (fls. 212/236). 
Encena ao fazer questão de se dirigir ao réu ENOQUE como MARCELO ANTÔNIO, e mais, assevera com veemência que assim que "descobriu" a conduta de utilização de identidade falsa por ENOQUE, segundo ele, quando este se identificou como MARCELO ALENCAR, na ocasião do acidente automobilístico com vítima fatal, em 14/12/2013 (fls. 730/732 do IPL), não mais assentiu em dar seguimento à representação. 
Dito de outra forma, alega que sempre defendeu MARCELO ANTÔNIO, nos processos em que este respondeu por tráfico de drogas, sem saber que era ENOQUE ou MARCELO ALENCAR. 
Tal assertiva de logo cai por terra, quando da simples leitura dos trechos acima descritos e comparativo de datas (consoante conjunto probatório dos autos), ou seja, não apenas sabia que ENOQUE era a mesma pessoa que MARCELO ANTÔNIO e MARCELO ALENCAR, que os representou em diversas ocasiões em processos variados."

"Como experiente advogado criminal jamais aceitaria representar quem quer que fosse sem que antes analisasse provas e fatos (ao menos), de modo que fulcrada no vazio está sua alegação de que não sabia serem ENOQUE, MARCELO ANTÔNIO e MARCELO ALENCAR a mesma pessoa."

"Não somente isso, aclara que existia um acordo financeiro com repercussões mensais, cujo valor era recebido "em espécie", apesar de residirem em estados diversos e ambos terem contas bancárias. "

"Se era tão ocupado e cheio de atribuições, agora alegar que tinha que ir "pessoalmente" na suposta loja, casa ou comércio de ENOQUE para receber das mãos dele seus honorários "em dinheiro" é um pouco demais para uma simples transação profissional. "

"E mais, a suposta simples tratativa profissional progrediu para a inclusão de automóveis no "negócio", mas não eram carros comuns, antes carros de luxo, quais sejam, Audi Q5 e uma Sportage." 

"Ademais, os valores concernentes aos automóveis também estavam incluídos na entrega constante e periódica de numerário, "em espécie", a MARCELO TIGRE, posto que as parcelas permaneciam sendo pagas por ele e não pelo suposto comprador, representando mais uma justificativa para receber valores diretamente de ENOQUE e assim garantir que este usufruísse dos bens ainda que ocultadas e dissimuladas a origem, a localização, a disposição e propriedade de bens, direitos e valores dos mesmos. "

"Outrossim, note-se que ENOQUE esteve preso até 2011, depois de vários anos encarcerado ou procurado pelas autoridades (porque evadido por um tempo), todos esses pormenores conhecidos por MARCELO TIGRE, mas ainda assim este alega que ele tinha renda estável e confiável a ponto de ceder negócio em seu nome, envolvendo veículos de luxo, que resultou no cometimento de mais um crime, desta feita, homicídio de uma jovem grávida de 08 meses, durante a condução do referido Audi Q5."

"E mais, desse evento, outro mais surpreendente surgiu, qual seja, em face do acidente automobilístico grave, resolveu "premiar" ENOQUE com um carro quase zero de luxo até então somente utilizado por sua esposa (segundo defende), que foi comprado zero para presenteá-la. 
Então, em face de ENOQUE ter conduzido embriagado um outro carro de luxo e ceifado a vida de uma jovem, entregou-lhe outro e ficou com o carro acidentado em lugar do quase zero. 
De fato, nada crível."

"Por fim, o argumento de que a compra dos carros se deu mediante contratos lícitos em que figurou como adquirente em nada altera a configuração do delito de lavar ou branquear, até mesmo porque, consoante acima referido, o crime de lavagem se desdobra em um processo (conjunto de atos), que em sua maioria envolve transações lícitas, muitas vezes com prejuízo para as partes, mas que ao final garanta a aparência de licitude ao capital originalmente ilícito e assim permita o uso e fruição do proveito do crime. "

"Sua atuação foi importante e decisiva no esquema delituoso que contava com a necessidade de lavar/branquear o capital oriundo de crimes, nomeadamente tráfico de drogas comprovado, e assim possibilitar aos seus autores a fruição de tais valores, permitindo que o ciclo criminoso permanecesse em movimento, posto que esses valores servem tanto para fruição de seus autores quanto para a manutenção do crime." 

"Então, restaram perfeitamente delineadas e confirmadas pelo largo acervo probatório a prática do crime de lavagem de dinheiro por parte de MARCELO TIGRE, em duas ocasiões (referentes aos automóveis Kia Sportage, cor branca, placa PGC 7247, e Audi Q5, placa NXU 0050)."

LEIA AQUI A ÍNTEGRA DA SENTENÇA